EM NOSSA REGIÃO É POSSÍVEL ENCONTRAR GRANDE VARIEDADE DE PLANTAS NATIVAS COM PREÇOS PARA TODOS OS ORÇAMENTOS.

A paisagista Patricia Kose recomenda a Palmeira Butiá a Pimenta Rosa.

Em áreas amplas, incorporar bancos rústicos com madeira de demolição criam espaços aconchegantes, onde as pessoas possam relaxar desfrutando da paisagem. Para a Patricia, introduzir plantas frutíferas, mesmo em vasos, aproximam beija-flores, pássaros, borboletas bem como as pessoas, além de perfumar o local. Sua sugestão é Laranjeira, limoeiro, pintangueira, jabuticabeira, pé de acerola, pé de lichia, que se adaptam bem na praia.

Em locais ensolarados, pata de elefante, pandanus, palmeira fênix, palmeira canariensis, yuca, areca bambu.

Nos ambientes internos plantas naturais complementam a decoração com requinte. A paisagista sugere a Palmeira Laca, com raízes aéreas e caule cor de laranja, pleomele, dracena arbórea, pacova, palmeira pinanga e pata de elefante. Em suma, essas plantas são eretas e suas folhas se abrem para os lados se destacando no espaço. “Resistentes e exóticas, exigem pouca rega e manutenção”, complementa a profissional.

Para manter a planta saudável, a paisagista ressalta que deve-se fazer adubação periódica, principalmente quando as plantas estão com as folhas amarelas. Isso ocorre por falta de algum mineral, ou luminosidade.

As plantas com flores e frutíferas exigem mais adubação, enquanto que as ornamentais exigem menos.

Quanto ao tipo de adubo, a paisagista prefere matéria orgânica,pela ação de liberação prolongada, mas na falta pode ser usado o químico, que tem ação imediata.

Para você receber dicas ou tirar dúvidas, entre em contato com a Paisagista Patricia Kose pelo e-mail patricia.paisagista@gmail.com ou no tel (47) 9644-0214.

Balneário Camboriú, uma cidade verticalizada, se alia às belezas naturais. A cidade em movimento, cresce a cada dia e busca conciliar desenvolvimento e respeito à natureza, sempre valorizando o paisagismo, numa beleza que você vê nos jardins, nas praças, nos canteiros e também nos encantos naturais. Cada morador, pode utilizar e muitos já utilizam, seu espaço e sacadas para manter contato com essa natureza vibrante.

Patricia Kose

Paisagista